Direto para o contenido
Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Extremismo violento


Democracia direta contra radicalização de jovens





Terminou nesta sexta-feira (8), em Genebra, a conferência das Nações Unidas sobre prevenção de extremismo violento. A Suíça apresentou as virtudes da democracia semidireta como forma de prevenir os riscos de doutrinação dos jovens por grupos terroristas.

Em Genebra, Didier Burkhalter e Ban Ki-Moon deram atenção às causas do terrorismo (Keystone)

Em Genebra, Didier Burkhalter e Ban Ki-Moon deram atenção às causas do terrorismo

(Keystone)

Em um discurso pronunciado após o secretário-geral da ONU, o ministro suíço das Relações Exteriores, Didier Burkhalter, reiterou a importância da reunião para as “vítimas da fragilidade excessiva do nosso mundo".

O ministro também ressaltou o "papel decisivo" da Organização das Nações Unidas na prevenção do extremismo violento. A este respeito, a Suíça tem a chance de ter um sistema inclusivo e descentralizado, segundo Burkhalter. "A estrutura federal do meu país baseia-se na convicção de que uma cultura de diálogo, de compromisso, de soluções inclusivas e descentralizadas, de respeito pelas minorias e da separação dos poderes é o alicerce da paz."

Burkhalter disse que a Suíça adotou em 2015 uma nova estratégia de contraterrorismo baseada na prevenção, aplicação da lei, proteção e gestão de crises. Áreas "que se inserem no âmbito da Constituição e estão em conformidade com o direito internacional, especialmente os direitos humanos."

Esta experiência alimenta o engajamento da Suíça no nível internacional. "Especificamente, desenvolvemos um plano de ação de política externa para a prevenção do extremismo violento. Tendo como prioridade os jovens e as mulheres, bem como a Genebra internacional."

swissinfo.ch

Direitos Autorais

Todos os direitos reservados. O conteúdo do site da swissinfo.ch é protegido por direitos autorais. Ele é destinado apenas para uso privado. Qualquer outro uso do conteúdo do site além do uso acima estipulado, especialmente no que diz respeito à distribuição, modificação, transmissão, armazenagem e cópia, requer a autorização prévia por escrito da swissinfo.ch. Caso você esteja interessado em algum desses tipos de uso do conteúdo do site, entre em contato conosco através do endereço contact@swissinfo.ch.

No que diz respeito ao uso para fins privados, só é permitido o uso de hyperlink para um conteúdo específico e para colocá-lo no seu próprio site ou em um site de terceiros. O conteúdo do site da swissinfo.ch só poderá ser incorporado em um ambiente livre de publicidade sem quaisquer modificações. Especificamente aplicável a todos os softwares, pastas, dados e seus respectivos conteúdos disponibilizados para download no site da swissinfo.ch, uma licença básica, não exclusiva e não transferível é concedida de forma restrita a um único download e gravação de tais dados em dispositivos privados. Todos os outros direitos permanecem sendo de propriedade da swissinfo.ch. Em especial, proíbe-se qualquer venda ou uso comercial desses dados.

×