Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

#WeAreSwissAbroad Doris Hofer: sucesso no Instagram com dicas de nutrição e esporte

Doris 1

Doris Hofer in Istanbul

O Fitness foi o melhor investimento de sua vida, diz Doris Hofer. Depois de um divórcio, a suíça de 42 anos quis se reinventar e mudou-se para Turquia. Com suas dicas de nutrição e esporte, ela se tornou uma expert em voga, sobretudo devido a sua presença na plataforma online Instagram & Co.

swissinfo.ch: Por que você deixou a Suíça?

Doris Hofer: Eu deixei a Suíça em 2004 por causa do amor. Eu estive casada com meu ex-marido turco por 10 anos. Nós temos duas crianças: Zoe e Noah.

As opiniões manifestadas neste artigo, dentre outros sobre o país de acolho e sua política, são pessoais e não correspondem às posições da plataforma de informaões swissinfo.ch.

Aqui termina o infobox

swissinfo.ch: Essa foi uma viagem sem retorno, ou você pretende voltar um dia para a Suíça?

D.H.: Eu gostaria de ir à Suíça com mais frequência e trabalhar com firmas helvéticas. Voltar a viver na Suíça propriamente, não. Temos uma família reconstituída (patchwork): o pai das minhas crianças está aqui, e eu não quero que eles cresçam sem ele.

swissinfo.ch: Qual é o seu ramo de trabalho? Como você começou e como anda o trabalho?

D.H.: Depois da separação eu me tornei empresária e fundei a firma SquatgirlLink externo. Eu tento motivar as pessoas a fazerem mais esportes e a terem uma alimentação mais saudável via redes sociais.

Bilder von Auslandschweizern

Mostre a Suíça global: marque suas fotos no instagram com o hashtag
#WeAreSwissAbroad 

Nós vamos compartilhar fotos e vídeos selecionados em nossa página do instagram, e esperamos descobrir suíços e suíças vivendo histórias notáveis pelo mundo.

É um grande prazer para a swissinfo.ch oferecer uma plataforma para você publicar suas vivências em retratos, anedotas e histórias.

(swissinfo.ch)

swissinfo.ch: Você tem quase 100.000 seguidores no Instagram. Como você explica este sucesso?

D.H.: Eu inspiro meus fãs a se alimentarem mais saudavelmente e a fazer mais esporte. Por exemplo, quando eles veem meu café-da-manhã em meus posts, eles correm para a cozinha e seguem minha receita. Recentemente eu e minhas crianças preparamos, por exemplo, um mingau de aveia com banana servido com uma bola de sorvete de framboesa sem açúcar.

Muitas pessoas me escrevem para dizer que acharam meus vídeos curtos geniais porque os exercícios lhes dão vontade de fazê-los, e minha alegria e bom humor são contagiantes.

swissinfo.ch: Onde você vive hoje precisamente? E como é a vida e a cozinha lá?

D.H.: Eu vivo em Istambul e, como vegetariana, eu amo a cozinha mediterrânea. Nossos pratos têm cores vivas e são preparados com muitos legumes frescos.

Doris 2

Doris Hofer mit ihren zwei Kindern

A post shared by Doris Hofer (@thesquatgirl) on

swissinfo.ch: O que é mais atraente na Turquia do que na Suíça? Qual é a grande diferença em relação à Suíça?

D.H.: Quando você fala a língua turca, as pessoas ficam encantadas. Às vezes isso é muito prático, e me ajuda principalmente nas minhas aparições na TV. Eu nunca recebi comentários de "haters" (críticos acerbos) na Turquia, enquanto na Suíça, sim. Talvez seja meu sotaque, ou talvez as pessoas aqui sejam menos frustradas.

swissinfo.ch: Estando longe, como você pensa sobre a Suíça?

D.H.: Eu sou orgulhosa de meu país. Principalmente do ponto de vista político, nós temos um importante papel exemplar: quando alguém tem uma opinião diferente, ele pode expressá-la e defende-la quando ela fizer sentido. Eu amo o transporte público e o sistema de coleta de lixo da Suíça.

Doris 3

Doris Hofer in Ausgangskleidung

A post shared by Doris Hofer (@thesquatgirl) on

swissinfo.ch: Como está a situação política na Turquia? Você se interessa pela política do seu país de residência?

D.H.: As pessoas exprimem suas opiniões sobre a política em muitas plataformas de maneira inteiramente incivilizada. Eu não gosto disso e, por uma questão de princípios, não expresso opiniões sobre a política.

O que me interessa é levar as pessoas a terem um estilo de vida saudável. O país de origem, a religião e a forma como as pessoas se vestem não tem a menor importância.

swissinfo.ch: Você participa das eleições e referendos da Suíça?

D.H.: Não, pois não estou suficientemente informada para decidir com confiança.

swissinfo.ch: Do que você sente mais falta na Suíça?

D.H.: Minha família e amigos. Do ponto de vista culinário, sinto falta dos deliciosos queijos.

Doris 4

Doris Hofer in Aktion

A post shared by Doris Hofer (@thesquatgirl) on

Mostre a Suíça global: marque suas fotos no instagram com o hashtag #WeAreSwissAbroadLink externo


Adaptação: Danilo v.Sperling, swissinfo.ch (entrevista realizada por escrito)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.