AFP

A ex-base militar americana 'Camp Liberty', próxima de Bagdá, virou um campo para iranianos exilados no Iraque

(afp_tickers)

Um ataque com foguetes contra um campo de opositores iranianos exilados no Iraque deixou vários feridos nesta segunda-feira, informaram oficiais.

Um oficial iraquiano declarou que vários civis ficaram feridos com os foguetes, que atingiram a parte externa do campo, que abriga membros dos Mujahedines do Povo do Irã (OMPI), grupo opositor no exílio desde a Revolução Islâmica, em 1979.

Saad Maan, porta-voz do Comando Operacional de Bagdá, confirmou que "vários foguetes caíram no Campo Liberty", antiga base militar americana.

De acordo com Maan, ao menos 20 foguetes foram lançados a partir de um caminhão situado em uma área a oeste de Bagdá, e vários civis iraquianos ficaram feridos no lado externo do campo.

O Conselho Nacional da Resistência Iraniana, que engloba o OMPI, afirmou que "mais de 40 residentes do campo ficaram feridos no ataque com foguetes".

Segundo o Conselho, "mais de 50 foguetes" foram lançados por "milícias ligadas à força terrorista Qods", a divisão de operações exteriores dos Guardiães da Revolução.

Poderosas milícias xiitas hostis ao OMPI se encontram em zonas situadas a oeste de Bagdá.

Tiros de foguetes contra o mesmo campo em outubro passado deixaram ao menos 26 mortos, segundo as Nações Unidas.

afp_tickers

 AFP