AFP

(Arquivo) A Fontana di Trevi, em Roma, no dia 3 de novembro de 2015

(afp_tickers)

Um improvisado banho à meia-noite na Fontana di Trevi, símbolo da "Dolce Vita" romana, custou caro a dois turistas americanos, informou a polícia local, que criticou o incidente, uma prática persistente entre os turistas que querem se sentir como em um filme de Federico Fellini.

Dois jovens da Califórnia que estavam viajando pela capital italiana receberam uma multa de 450 euros cada um (494 dólares), após serem surpreendidos "in fraganti" banhando-se nas águas da fonte.

Em um momento em que as temperaturas beiram os 35 graus à sombra durante o dia na Cidade Eterna, muitos são os turistas que buscam imitar a famosa cena em que a diva sueca Anita Ekberg entra na fonte em "La Dolce Vita", de Federico Fellini.

Há uma semana, uma turista inglesa também foi multada, já que por motivos de ordem pública, é proibido tomar banho nas fontes da cidade.

afp_tickers

 AFP