AFP

Um bueiro transborda em Moscou, no dia 15 de agosto de 2016

(afp_tickers)

As chuvas torrenciais em Moscou bateram na segunda-feira um recorde de 129 anos para meados de agosto, com precipitações de cerca de 48 mm em pleno verão, anunciou o centro meteorológico russo.

"Um novo recorde histórico para meados de agosto foi registrado" em Moscou "com um nível acumulado de 48 mm de precipitações" no dia, enquanto as temperaturas diurnas não passaram dos 14°C, indicou o centro em um comunicado.

O recorde anterior para um dia 15 de agosto em Moscou, com 25,2 mm de chuvas, foi registrado em 1887, afirmou.

Provocadas por um ciclone chegado do sudeste, as chuvas ficaram mais fortes a partir da noite de domingo, não só em Moscou e arredores mas também em regiões como Kursk e Orel (sudoeste) e Belgorod (sul), segundo o centro.

afp_tickers

 AFP