AFP

(28 ago) Combate a focos de mosquito em Cingapura

(afp_tickers)

Autoridades de Cingapura mobilizaram nesta segunda-feira equipes de desinfecção para lutar contra o mosquito transmissor do zika, após a descoberta de mais de 40 casos do vírus na cidade-Estado.

Os inspetores da agência nacional do meio ambiente, protegidos com trajes especiais e com máquinas dispersoras de inseticida, começaram a inspecionar as casas do distrito onde no fim de semana foram detectados 41 casos de zika, em sua maioria em trabalhadores estrangeiros que atuavam na construção de um bloco de residências.

Nesta segunda-feira, uma clínica anunciou outros cinco possíveis infectados de zika, entre eles alguns estrangeiros, que estão sendo analisados, indicou a imprensa.

Cingapura, no sudeste da Ásia, é uma ilha tropical densamente povoada com chuvas frequentes que criam zonas de água parada, ideais para os mosquitos.

Acredita-se que o zika vírus seja o responsável pelo aumento dos casos de microcefalia, uma malformação nos recém-nascidos grave e irreversível, sobretudo na América Latina, e também supõe-se que provoque doenças neurológicas em adultos, como a síndrome de Guillain-Barré.

afp_tickers

 AFP