AFP

(Arquivo) O cofundador do Google Larry Page, em Nova York, no dia 21 de maio de 2012

(afp_tickers)

O cofundador do Google Larry Page investiu secretamente mais de 100 milhões de dólares na construção de carros voadores, publicou a agência de notícias financeiras Bloomberg na quinta-feira.

Page apoiou a empresa Zee.Aero ao mesmo tempo em que se empenhou para manter em segredo o seu envolvimento, de acordo com a reportagem, que citou fontes próximas à startup de carros voadores lançada em 2010.

"Baseada no coração de Silicon Valley, a Zee está desenvolvendo uma nova forma revolucionária de transporte", diz a empresa no seu site, que convida pessoas com habilidades de engenharia a se candidatarem a vagas de emprego.

A Zee está "trabalhando na interseção da aerodinâmica, da fabricação avançada e da propulsão elétrica", afirma o site.

Como parte do esquema sigiloso, os funcionários da Zee.Aero se referem a Page como "GUS", uma abreviação de "Guy UpStairs" (o cara de cima), já que o cofundador do Google manteve por algum tempo uma sala privada no segundo andar das instalações da empresa, que tem cerca de 150 empregados, de acordo com a Bloomberg.

A agência também afirmou que Page estava apoiando uma segunda startup de carros voadores, Kitty Hawk, que começou a operar no ano passado com uma abordagem de design diferente.

Nem a Zee.Aero nem a Alphabet responderam os pedidos da AFP para comentar o assunto.

afp_tickers

 AFP