AFP

(Arquivo) Chocolates Hershey são vistos em Chicago, no dia 15 de julho de 2016

(afp_tickers)

A fabricante americana de chocolate Hershey anunciou nesta quinta-feira ter rejeitado uma oferta preliminar de compra de cerca de 23 bilhões de dólares, apresentada pela gigante da alimentação Mondelez, dona de marcas como Cadbury.

A direção da Hershey informou que "estudou cuidadosamente" a oferta de 107 dólares por ação e "determinou que não serve de base para continuar negociando com a Mondelez".

O acordo com a Hershey poderia consolidar a Mondelez no mercado americano do chocolate, onde é muito mais conhecida por produtos como os biscoitos Oreo e Ritz.

Fundada em 1894 na cidade homônima do estado da Pensilvânia, Hershey é um nome clássico nos supermercados dos Estados Unidos. Seus mais famosos produtos incluem os bombons Hershey's Kisses.

Hershey reportou em 2015 vendas por 7,4 bilhões de dólares enquanto que as da Molendez foram de 29,600 bilhões.

O acordo de venda precisava do aval da Hershey Trust, grupo financeiro no qual o estado da Pensilvânia tem uma participação acionária de 80%.

afp_tickers

 AFP