AFP

O secretário de Estado americano, John Kerry, em Genebra, no dia 9 de setembro de 2016

(afp_tickers)

O secretário de Estado americano John Kerry pediu neste domingo que a Coreia do Norte congele seu programa nuclear e dê início a negociações com os Estados Unidos e o mundo sobre seu futuro.

Em um encontro com os chanceleres de Japão e Coreia do Sul, Kerry afirmou que os EUA continuam "profundamente comprometidos" com a defesa mútua e em "reverter o comportamento provocativo e imprudente" da Coreia do Norte.

Segundo Kerry, os EUA estão prontos para dialogar com Pyongyang a fim de discutir sobre a paz na península coreana e pôr fim ao isolamento norte-coreano, caso o país concorde em se desnuclearizar.

"A necessidade imediata é que eles parem onde estão, concordem com o congelamento (do programa nuclear) e se comprometam a não promover mais ações provocativas, em não realizar mais testes, e se juntem aos países, com uma negociação séria em relação ao futuro", disse Kerry.

afp_tickers

 AFP