AFP

(Arquivo) A presidente do Fed, Janet Yellen

(afp_tickers)

O Federal Reserve (Fed) inicia nesta terça-feira sua reunião de dois dias em Washington, com seus membros divididos sobre os riscos enfrentados pela maior economia do mundo.

"O Comitê de política monetária (FOMC) começou sua reunião às 10H00 do horário local (14H00 GMT, 11H00 horário de Brasília) como previsto", informou uma porta-voz do Banco Central americano.

Na quarta-feira, às 18H00 GMT (15H00 horário de Brasília) será publicado um comunicado, mas sem coletiva de imprensa da presidente do Fed, Janet Yellen.

Os analistas acreditam que o Banco Central manterá sua atual taxa básica entre 0,25 e 0,5%, estabelecida em dezembro passado.

A manutenção do statu quo não deixa dúvidas para a primeira reunião do FOMC depois do voto britânico de 23 de junho em favor da saída da União Europeia (UE), que continua gerando incerteza econômica.

Só uma ínfima parte (1,7%) dos economistas consultados pelo Wall Street Journal acredita que os juros aumentarão na quarta-feira, depois que em dezembro o banco central decidiu pôr fim a sete anos de políticas de juros zero.

A situação da economia doméstica tampouco seria motivo para o Fed aumentar os juros neste reunião.

afp_tickers

 AFP