AFP

(Arquivo) O rapper americano Tyga, em Los Angeles, no dia 30 de agosto de 2015

(afp_tickers)

Um juiz de Los Angeles emitiu, nesta terça-feira (9), uma ordem de prisão contra o americano Tyga, depois que ele faltou a uma audiência judicial.

O cantor, de 26, deveria ter comparecido a um tribunal de Santa Mônica por uma ação movida contra ele pelo proprietário da mansão alugada em 2011, em Malibu.

A Justiça o obrigou a pagar US$ 480 mil por não honrar o aluguel e por causar danos ao imóvel.

Ele foi denunciado em 2012 pelo proprietário Gholamreza Rezai por não pagar US$ 16.000, descumprir o contrato e deixar a casa em mau estado.

Tyga já anunciou que não tem recursos para pagar a multa.

Durante um tempo, o foi visto saindo com Kylie Jenner, a irmã mais nova da estrela de Kim Kardashian.

De acordo com o especializado em celebridades TMZ, o advogado de acusação apresentou a documentação de um carro dado a Jenner no valor de US$ 200 mil.

Seu maior sucesso é "Rack City", que chegou em sétimo lugar no da Billboard em 2011.

afp_tickers

 AFP