AFP

O grupo têxtil espanhol Inditex, dono da marca Zara, registrou um aumento de seu lucro líquido de 8% no primeiro semestre de 2016, a 1,256 bilhão de euros, graças a um crescimento de 11% das vendas

(afp_tickers)

O grupo têxtil espanhol Inditex, dono da marca Zara, registrou um aumento de seu lucro líquido de 8% no primeiro semestre de 2016, a 1,256 bilhão de euros, graças a um crescimento de 11% das vendas, anunciou a empresa.

As vendas totais alcançaram 10,465 bilhões de euros, "com crescimentos positivos em todas as áreas geográficas", afirma um comunicado da Inditex, que destaca ainda a criação de quase 10.000 novos empregos nos últimos 12 meses.

O primeiro semestre do ano fiscal de 2016 da Inditex vai de 1 de fevereiro a 31 de julho.

Com taxa de câmbio constante, a progressão das vendas foi de 16% no semestre, destaca o grupo com sede em Arteixo (Galícia, noroeste da Espanha), proprietário de oito marcas (Zara, Massimo Dutti, Bershka, Stradivarius, Oysho, Uterqüe, Pull & Bear e Zara Home).

O império têxtil fundado por Amancio Ortega, segunda maior fortuna mundial, atrás apenas do americano Bill Gates, disputa a liderança do setor com a gigante sueca Hennes e Mauritz (H&M).

afp_tickers

 AFP