AFP

(2011) O cineasta Garry Marshall

(afp_tickers)

O diretor, produtor e gigante da comédia de Hollywood Garry Marshall morreu nesta terça-feira, aos 81 anos, deixando um legado que inclui "Happy Days", "Uma Linda Mulher" e outros sucessos.

Marshall morreu de pneumonia depois de sofrer um derrame em um hospital de Burbank, subúrbio de Los Angeles, informou seu agente.

O presidente do sindicato de diretores dos Estados Unidos, Paris Barclay, liderou as homenagens a Marshall, destacando seu dom para contar histórias que "trouxeram alegria, risadas e grandes batidas de coração a todas as telas, grandes e pequenas".

"Foi uma honra, e um deleite, para aqueles de nós que tiveram o prazer de trabalhar com ele", disse Barclay.

Nascido em Nova York e filho de uma professora de dança e um diretor de cinema, Marshall entrou no mundo do espetáculo nos anos 1950, escrevendo piadas para programas de televisão, incluindo o The Tonight Show with Jack Paar.

Seu primeiro grande êxito na televisão foi "The Odd Couple", criou a icônica comédia dos anos 70 "Happy Days" e introduziu Robin Williams nas telas com "Mork y Mindy".

Marshall começou a escrever e dirigir filmes nos anos 80, e foi a força criativa por trás do sucesso "Amigas para Sempre" (1989).

Mas talvez seja mais conhecido por ter dado o pontapé inicial na grande carreira de Julia Roberts com seu papel na comédia "Uma Linda Mulher" nos anos 1990, e também tornou Anne Hathaway uma estrela em "O Diário da Princesa" (2001).

Marshall era ainda um talentoso ator, que protagonizou "Uma Equipe Muito Especial" e teve vários papéis na televisão na década de 1990.

Seus últimos créditos como diretor foram nas comédias "Idas e Vindas do Amor" (2010), "Noite de Ano Novo" (2011) e "O Maior Amor do Mundo", deste ano, que não tiveram boas críticas, mas foram sucessos de bilheteria.

"Mataram-me no último, mas arrecadou 146 milhões de dólares no mundo", disse Marshall ao The New York Times sobre as péssimas críticas recebidas por "Noite de Ano Novo".

Marshall deixou sua esposa Barbara, com quem foi casado por mais de 50 anos, três filhos e seis netos.

afp_tickers

 AFP