AFP

(Arquivo) Apresentação do musical "Lazarus", em Nova York, no dia 11 de janeiro de 2016

(afp_tickers)

O musical "Lazarus", criado por David Bowie e Enda Walsh e dirigido por Ivo van Hove, estará em cartaz em Londres por três meses a partir de 25 de outubro, anunciou nesta segunda-feira a produção do espetáculo.

Este musical é baseado no romance de ficção científica de Walter Trevis, "O Homem que Caiu na Terra", que foi transformado em filme em 1976, no qual David Bowie fez o papel principal.

O espetáculo apresenta a cena "Lazarus", o primeiro título de seu 25º e mais recente álbum "Blackstar" que David Bowie lançou em 8 de janeiro de 2016, no dia do seu 69º aniversário, sem que o público soubesse que estava prestes a perder, dois dias depois, para uma luta de 18 meses contra o câncer.

O ícone do rock apareceu pela última vez em público em Nova York, em 7 de dezembro, na estreia deste musical que esteve em cartaz por dois meses.

"Lazarus" segue as aventuras de Thomas Newton, interpretado em Nova York e Londres por Michael C. Hall, conhecido por "Six Feet Under".

Thomas Newton interpreta um alienígena com um rosto humano que está sozinho na Terra, "incapaz de morrer", até a chegada "de uma outra alma perdida que poderia libertá-lo", descreve a produção.

"Com Lazarus, ficou claro para mim que Bowie quis encenar sua própria morte", disse Ivo van Hove, no momento da morte do artista.

"O espetáculo, que começa com esta frase: +look, I'm in heaven+ (" Olha, eu estou no céu "), foi escrito em uma urgência existencial clara", acrescentou o diretor, um dos últimos a ter trabalhado com a lenda do rock.

afp_tickers

 AFP