AFP

(Arquivo) Ozzy Osbourne, em Los Angeles, no dia 12 de maio de 2016

(afp_tickers)

A lenda do metal Ozzy Osbourne revelou nesta quarta-feira (3) que estava em terapia por sua dependência em sexo, enquanto tenta se reconciliar com sua esposa.

O cantor do Black Sabbath, cuja famosa voz entoou canções como "Iron Man" e "Crazy Train", foi a público falar sobre seu tratamento depois que sua colorista de cabelo revelou que era uma de suas amantes.

"Durante os últimos seis anos eu estive lidando com meu vício em sexo", escreveu em seu Facebook o cantor britânico de 67 anos.

"Depois das coisas ruins, vêm o que é bom. Desde que a imprensa expôs isso eu estive em uma intensa terapia", escreveu.

"Fiquei mortificado sobre como meu comportamento afetou minha família. Agradeço a Deus por minha incrível esposa estar ao meu lado para me dar suporte".

Ozzy esteve casado durante 34 anos com Sharon Osbourne, uma gerente musical cujo pai trabalhou com o Black Sabbath.

Ela tem sido a força-chave para fazer de Ozzy Osbourne um artista solo de sucesso, alinhando compositores e guitarristas para ele.

Sharon revelou em maio que os dois estavam separados, mas o casal - um dos mais duradouros no mundo do rock - falou depois que esperava pela reconciliação.

Michelle Pugh, uma colorista de cabelo das celebridades em Los Angeles, cidade natal adotada pelos Osbournes, disse à revista People que o roqueiro a perseguia um ano após ter feito seu cabelo, no final de 2011.

Ela descreveu o roqueiro como "o melhor amor da minha vida".

Osbourne escreveu no Facebook: "Me desculpem se a senhorita Pugh tirou nossa relação sexual de contexto". "Eu também gostaria de me desculpar com outra mulher que eu tive relações sexuais", disse sem dar maiores detalhes.

Ozzy Osbourne lutou durante anos com seus problemas com álcool e drogas, que era notável por seus atos grotescos no palco como morder a cabeça de um morcego.

A aparente vida conjugal estável dos Osbournes em Los Angeles se tornou um ponto de fascínio do público no início dos anos 2000 depois que de ser destaque em um reality show da MTV.

afp_tickers

 AFP