AFP

(Maio) Transatlântico americano chega a Cuba

(afp_tickers)

Os cubanos foram convocados pelo Partido Comunista de Cuba (PCC, único) a debater, a partir desta quarta-feira, dois documentos que marcam o destino da vida econômica, social e política da ilha nas próximas décadas.

"A participação ativa dos milhões de cubanos, militantes (do PCC) ou não, convocados para esta consulta é imprescindível para consolidar o consenso em torno do futuro de Cuba", afirma o jornal oficial Granma.

Os documentos para discutir são a Conceitualização do Modelo Econômico e Social Cubano de Desenvolvimento Socialista e o Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social até 2030, aprovados pelo VII Congresso do PCC em abril.

Os dois documentos marcam o caminho e o ritmo da abertura iniciada pelo presidente Raúl Castro, que inclui a criação de pequenas empresas privadas, mas enfatiza a preservação do socialismo sob a condução do PCC como partido único.

A convocação pede um "debate democrático" até 20 de setembro.

"Nessas discussões não faltarão os inimigos, o céticos, os hesitantes, os que fazem eco de campanhas detratoras do exterior contra o Partido e a Revolução, e os que sonham com a volta de uma sociedade sujeita ao desejo e às pretensões ianques", alerta o texto.

afp_tickers

 AFP