AFP

Os principais candidatos à presidência dos Estados Unidos, a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump, travam uma disputa acirrada pela Casa Branca

(afp_tickers)

Os principais candidatos à presidência dos Estados Unidos, a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump, travam uma disputa acirrada pela Casa Branca, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira e que reforça a crescente igualdade entre ambos.

Uma pesquisa da rede CBS News e do jornal The New York Times, a apenas duas semanas do primeiro debate entre os candidatos, mostra Hillary Clinton com uma vantagem de apenas dois pontos (44% a 42%), que quando se concentra nos eleitores registrados se amplia a cinco pontos (46% a 41%).

Mas quando a pesquisa inclui outros dois candidatos minoritários na disputa (Gary Johnson e Jill Stein), Hillary e Trump aparecem empatados em 42%. Entre os eleitores registrados, a ex-secretária de Estado mantém uma leve vantagem (41% a 39%).

Os resultados coincidem com uma pesquisa divulgada na quarta-feira pela Universidade Quinnipiac: quando se consideram os quatro candidatos, a igualdade é absoluta entre Clinton e Trump.

A sondagem CBS/NYT também constatou uma variação no entusiasmo dos eleitores: enquanto os republicanos mantêm a empolgação em seu apoio a Trump, os democratas registraram uma queda.

Em agosto, 77% dos democratas afirmavam estar pelo menos moderadamente entusiasmados com a candidatura de Hillary Clinton, mas agora o nível caiu a 64%.

O percentual dos que declaram estar muito entusiasmados também caiu, de 47% a 38%.

Além disso, os resultados comprovam uma grande diferença de gênero: Trump tem uma vantagem de dois dígitos entre os eleitores homens, enquanto Hillary tem uma superioridade equivalente entre as mulheres.

A campanha de Trump não consegue avançar entre os eleitores negros, mas mantém uma boa vantagem sobre Hillary Clinton entre os eleitores brancos.

afp_tickers

 AFP