AFP

(Arquivo) O secretário do Tesouro dos EUA, Jacob Lew, em Washington no dia 13 de abril de 2016

(afp_tickers)

A ilha de Porto Rico, fortemente endividada, carece de meios para enfrentar um surto de zika vírus, alertou nesta segunda-feira o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Jacob Lew.

"Não há dinheiro para lidar com a erradicação dos mosquitos. É um fato importante. Não é um problema futuro, está acontecendo agora", declarou Lew durante uma entrevista com a emissora de rádio americana NPR.

Com uma economia em recessão, Porto Rico tem dívidas no valor de cerca de 70 bilhões de dólares, e não conseguiu reembolsar 400 milhões a seus credores na semana passada.

O zika vírus atingiu fortemente a ilha, Estado Livre Associado dos Estados Unidos, onde no fim de abril foi registrado o primeiro caso de morte em consequência da doença.

Lew, que na segunda-feira esteve na ilha, manifestou sua preocupação com a possibilidade de que a epidemia se propague. "Os hospitais estão perdendo funcionários e são incapazes de adquirir os medicamentos que precisam para tratar os pacientes", disse o secretário.

O Departamento do Tesouro espera conseguir convencer o Congresso americano a dotar Porto Rico de meios legais para reestruturar sua dívida, de modo a permitir que os serviços públicos continuem funcionando.

afp_tickers

 AFP