AFP

(Arquivo) O candidato republicano à presidência americana, Donald Trump

(afp_tickers)

Uma assessora de Donald Trump disse que o candidato republicano agora acredita que o presidente Barack Obama nasceu nos Estados Unidos, tentando encerrar a controvérsia sobre a nacionalidade do chefe de Estado.

"Trump acredita que o presidente Obama nasceu aqui (...). Que nasceu no Havaí", afirmou a chefe de campanha de Trump, Kellyanne Conway, à CNN.

A declaração repercute o comentário do partidário e ex-prefeito de Nova York, Rudy Giuliani, que disse na quinta à noite que Trump agora aceita a legitimidade da cidadania americana de Obama.

"Donald Trump agora acredita que ele nasceu nos Estados Unidos", afirmou Giuliani às MSNBC. "Eu acho. Ele acha. Todos nós achamos. Levou um tempo", acrescentou.

Trump foi o mais ferrenho defensor da teoria de que Obama não havia nascido nos Estados Unidos e que, por isso, de acordo com a Constituição, não podia ser eleito como presidente.

Mesmo depois de Obama apresentar sua certidão de nascimento, Trump afirmou, em 2012, que tinha informações de que o documento era falso.

afp_tickers

 AFP