AFP

O índice industrial Dow Jones caiu 0,20%, a 18.576,47 unidades, e o índice ampliado S&P 500 recuou 0,08%, a 2.184,05 unidades, segundo dados definitivos

(afp_tickers)

Wall Street fechou com novo recorde do Nasdaq nesta sexta-feira, enquanto os índices Dow Jones e S&P 500 fecharam em queda, após dados decepcionantes sobre as vendas varejistas nos Estados Unidos.

O Departamento de Comércio informou que as vendas ficaram estagnadas em julho. Considerando que essas vendas são o motor da maior economia do mundo, sua estagnação indica um mal sinal para o crescimento econômico dos Estados Unidos.

O índice industrial Dow Jones caiu 0,20%, a 18.576,47 unidades, e o índice ampliado S&P 500 recuou 0,08%, a 2.184,05 unidades, segundo dados definitivos.

"Os dados de vendas varejistas geraram dúvidas sobre uma forte recuperação do crescimento americano. Constata-se que o emprego melhora, ao menos até este mês, mas não se vê um aumento dos gastos", explicou Jack Ablin, da BMO Private Bank.

As vendas do varejo dão uma ideia inicial da elevação do gasto das famílias, tradicional motor da economia americana. Essas vendas, entretanto, não dão mais do que sinais parciais sobre o gasto em serviços.

Outros indicadores foram piores do que o esperado. Os preços da produção caíram 0,4% em julho depois de subirem 0,5% no mês anterior, segundo o Departamento de Trabalho. Os analistas esperavam uma estagnação.

A esse sinal se somaram os estoques das empresas, que subiram 0,2% no mês passado, enquanto se esperava que eles fossem permanecer estáveis.

O mercado de títulos avançou. O rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos 1,508%, contra 1,558% de quinta-feira. E os dos títulos a 30 anos era de 2,231% contra 2,273% da sessão anterior.

afp_tickers

 AFP