AFP

Wall Street subiu significativamente nesta sexta-feira, após a divulgação dos dados do emprego nos Estados Unidos: o Dow Jones subiu 1,40% e o Nasdaq, 1,64%

(afp_tickers)

Wall Street subiu significativamente nesta sexta-feira, após a divulgação dos dados do emprego nos Estados Unidos: o Dow Jones subiu 1,40% e o Nasdaq, 1,64%.

Segundo resultados definitivos de fechamento, o índice Dow Jones Industrial Average subiu 250,286 pontos, a 18.146,74 unidades, e o tecnológico Nasdaq avançou 79,95 pontos, a 4.956,76 unidades.

O índice ampliado S&P 500, considerado o mais representativo por muitos investidores, avançou 32,00 pontos (1,53%), a 2.129,90 unidades, a menos de meio ponto de seu recorde de fechamento de maio de 2015.

"Os dados do emprego divulgados nesta manhã tiveram um papel importante", resumiu Michael James, da Wedbush Securities. "Não somente foram superiores às expectativas, como permitiram que as preocupações pelos dados do mês anterior fossem esquecidas".

Os Estados Unidos tiveram um grande aumento da criação de empregos em junho, dissipando assim as preocupações com a fragilidade do mercado de trabalho, que havia paralisado os mercados e conduzido à manutenção da política monetária.

"Esse relatório é um sinal de que a economia está melhor do que muita gente pensava", avaliou Bill Lynch, da Hinsdale Associates. "Provavelmente não há qualquer risco de recessão neste ano", acrescentou.

No mercado de títulos, o rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos caiu às 20H20 GMT (17H20 horário de Brasília) para 1,357%, contra 1,373% de quinta-feira, e o dos bônus a 30 anos recuou para 2,096%, contra 2,142% da véspera.

afp_tickers

 AFP