AFP

O índice industrial Dow Jones caiu 90,74 pontos, a 18.313,77 unidades, e o tecnológico Nasdaq teve queda de 46,46 pontos, a 5.137,73. O índice ampliado S&P 500 recuou 0,64%, a 2.157,03 unidades

(afp_tickers)

Wall Street fechou em queda nesta terça-feira em meio à inquietude das praças mundias e da queda persistente do petróleo: o Dow Jones recuou 0,49% e o Nasdaq 0,90%.

O índice industrial Dow Jones caiu 90,74 pontos, a 18.313,77 unidades, e o tecnológico Nasdaq teve queda de 46,46 pontos, a 5.137,73. O índice ampliado S&P 500 recuou 0,64%, a 2.157,03 unidades.

As praças asiáticas caíram decepcionadas por um novo plano para reativar a economia do Japão. As da Europa baixaram arrastadas pelas ações bancárias devido a preocupações vinculadas às recentes provas de resistência dos bancos do Velho Continente.

Por outro lado, os preços do petróleo permaneceram em baixa em um clima de depressão no mercado de petróleo, segundo a Charles Schwab.

No mercado de Nova York o barril fechou abaixo dos 40 dólares pela primeira vez em quinze semanas.

Nesse contexto, Wall Street não levou muito em conta a divulgação neste terça-feira da estabilização da inflação americana nos 12 meses terminados em junho. Também não se entusiasmou com o aumento dos gastos das famílias em junho.

O mercado de títulos recuou. Às 20H20 GMT, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos subiu 1,551% contra 1,511% de segunda-feira, e o dos papéis a 30 anos ficou em de 2,302% contra 2,249% da sessão anterior.

afp_tickers

 AFP