Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Boa vida Cidades suíças mantêm status de qualidade de vida

Três cidades suíças ficaram entre as dez primeiras do mais recente ranking de qualidade de vida da Mercer, que mais uma vez vem carregado de metrópoles europeias.

mulher sentada

Zurique é a segunda melhor cidade do mundo em qualidade de vida

(Keystone/patrick Huerlimann)

Como no ranking do ano passado, Zurique é a segunda cidade mais agradável para se morar do mundo, logo atrás de Viena, informou a consultoria de recursos humanos Mercer.

Genebra (9º lugar) e Basileia (10º, novamente) também estão na lista, enquanto a capital suíça, Berna, chega em 14º lugar em uma lista que apresenta oito cidades europeias entre as 10 primeiras.

A pesquisa avaliou 231 cidades no mundo, a Mercer estabelece o ranking com base em critérios que incluem taxas de criminalidade, transporte público, tratamento do lixo, clima e fornecimento de eletricidade.

A lista pode ser usada para calcular os salários dos trabalhadores expatriados enviados para destinos em todo o mundo, diz a Mercer.

+ sobre o que faz da Basileia um lugar tão bom de se viver

A Suíça tem tradicionalmente se saído muito bem em tais classificações: embora os expatriados às vezes se queixem da dificuldade de integração e de conhecer os suíços, a estabilidade política, os cuidados de saúde e os altos salários aumentam a reputação do país.

No relatório Mercer deste ano, o forte desempenho europeu foi contrastado pelo declínio das fortunas das cidades dos EUA, que caíram, exceto Nova York (44ª), onde a diminuição contínua das taxas de criminalidade permitiu que ela saltasse um ponto.

No extremo inferior da escala, as cidades africanas e do Oriente Médio que enfrentam problemas de segurança saíram-se pior, com Bagdá sustentando a tabela apesar de "melhorias significativas nos serviços de segurança e saneamento nos últimos anos".


foto


swissinfo.ch/fh

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.