Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Condições de trabalho Sindicatos pedem menos horas e mais igualdade de gênero

dishwasher assembly line

Os trabalhadores também devem se beneficiar do aumento da produtividade, dizem os sindicatos

(© KEYSTONE / GAETAN BALLY)

A Federação Sindical Suíça está exigindo semanas de trabalho mais curtas, compensação por perdas na previdência e aplicação da igualdade de remuneração entre homens e mulheres.

Na sua conferência anual de mídia em Berna na quinta-feira (4), a Federação Sindical Suíça apontou que os trabalhadores suíços sofrem desde a crise financeira. Agora que as coisas estão melhorando economicamente, os empregadores devem garantir que os trabalhadores também se beneficiem, diz a organização sindical.

Por exemplo, os lucros da melhor produtividade devem ser transferidos para os funcionários sob a forma de salários mais altos e horários de trabalho mais curtos. De acordo com a federação, o trabalhador médio a tempo integral na Suíça tem feito meia semana a mais por ano desde 2013. Os sindicatos também estão pedindo um apoio mais direcionado para os candidatos a emprego nos governos federal e cantonal.

Em termos de pensões, os funcionários devem ser compensados pelas perdas sofridas, bem como pelo aumento acentuado das despesas de saúde.

Os sindicatos também querem uma versão mais forte da revisão da lei sobre igualdade de gênero proposta pelo governo. Eles dizem que esta é a única maneira de garantir que os empregadores paguem salários iguais para homens e mulheres pelo mesmo trabalho.


swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×