Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Consumo de carne Imposto sobre carne pode combater alterações climáticas

Apesar dos suíços estarem consumindo cada vez menos carne, ambientalistas afirmam que existe mais espaço para cortar o apetite do consumidor e, dessa forma, contribuir a diminuir a temperatura no planeta.



Diminuir o consumo de carne para proteger o meio-ambiente.

Diminuir o consumo de carne para proteger o meio-ambiente.

(Keystone)

O consumo suíço de carne caiu no ano passado, especialmente com as quedas nas vendas de carne de cavalo, vitelo e carne bovina. Mas estatísticas oficiais em 2016 mostram que o consumo per-capita de carne caiu apenas 1,3 quilos entre 2007 e 2013, para menos de 60 quilos por pessoa por ano.

A Suíça deveria tomar medidas para reforçar essa tendência, consideram os ambientalistas. Eles ligam a produção de carne à produção de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa que retém o calor.

Um relatório das Nações Unidas em 2010 pede uma mudança global em direção a um consumo menor de proteína animal para ajudar a reduzir a pobreza e combater as mudanças climáticas. Mais recentemente, especialistas da ONU recomendaram taxar a produção de carne.

Georg Klingler, do Greenpeace, sugeriu em entrevista ao jornal diário "20 minutos" a taxação da carne em 20% a 30%. Philip Gehri, do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) afirmou que mesmo uma redução mínima do consumo de carne e produtos derivados já faria diferença no combate ao aquecimento global em longo prazo.

Como a Suíça se compara a outros países? swissinfo.ch avalia o consumo de carne no mundo. 

gráfico

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

E qual a sua opinião? Você estaria disposto a paga impostos pela carne?


Adaptação: Alexander Thoele, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×

Destaque