Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Covid-19 Laboratório suíço cria coronavírus sintético

O primeiro caso de coronavírus na Suíça foi detectado há uma semana, mas o vírus estava no país muito antes disso, como uma amostra de laboratório.

Três semanas antes do primeiro caso ser identificado em solo suíço, cientistas de um laboratório de alta segurança conseguiram criar um clone sintético do coronavírus. Os pesquisadores agora estão tentando determinar a importância de seus genes individuais. Sua conquista está recebendo atenção mundial: laboratórios e empresas estão solicitando o clone para trabalhar.

O laboratório de alta segurança está localizado em Mittelhäusern, uma pequena cidade no cantão de Berna. O virologista Volker Thiel trabalha com coronavírus há muito tempo. Sua equipe agora está pesquisando o que diferencia o novo Covid-19 do vírus da SARS. Mais importante ainda, eles querem descobrir como enfraquecer o vírus para que não cause mais danos.

A Suíça também contribuiu para outra descoberta importante sobre o coronavírus. A técnica de microscopia eletrônica criogênica que concedeu ao cientista suíço Jacques Dubochet um Prêmio Nobel em 2017 permitiu que um laboratório no Texas identificasse uma proteína-chave do Covid-19.

Os cientistas americanos conseguiram reproduzir uma imagem em 3D da proteína que permite que o vírus entre na célula apenas dois meses após a descoberta do novo vírus. Com as técnicas anteriores, isso podia levar até 10 anos.


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.