Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

VoteInfo Votações populares na Suíça chegam na era dos aplicativos

A tela de um celular

O novo aplicativo servirá principalmente ao eleitor suíço, trazendo resultados atualizados sobre as votações que estão ocorrendo no país.

(© KEYSTONE / PETER KLAUNZER)

A digitalização da democracia direta na Suíça avança. O app "VoteInf" lançado recentemente permite receber no celular os resultados das votações federais e cantonais. E não só isso: informações detalhadas sobre os temas apresentados.

O app "VoteInfoLink externo" surgiu como projeto conjunto entre o governo federal e dos 26 cantões (estados) e já pode ser baixado gratuitamente no AndroidLink externo ou iOSLink externo.

Através dele, os eleitores poderão receber já nos domingos de votação os resultados para cada um dos plebiscitos ou referendos propostos, sempre atualizados a partir do fechamento dos colégios eleitorais e da contagem dos votos, 

O usuário pode determinar também no aplicativo seus temas favoritos ou se recebera alertas (push). Ele também poderá personalizar a visualização e receber informações especificas.

Novas formas de comunicação

Porém o "VoteInfo" é mais do que um simples aplicativo para fornecer resultados no dia das votações: ele também dá acesso aos dossiês ligados a cada tema que foi proposto para voto popular, tanto em nível federal como cantonal. Como exemplo: tudo sobre as votações de 10 de fevereiro de 2019Link externo, dentre as quais o plebiscito sobre uma proposta de limitar a expansão imobiliária na Suíça. 

O app também fornece dados históricos sobre as votações e referendos já ocorridos no país. Dentre outros, dá acesso aos arquivos das votações desde 1981, sendo que o cantão de Zurique abre seus arquivos desde 1831, tratando de 1.350 diferentes temas. 

"Não apenas o novo app abre novas oportunidades para os cidadãos e permite aos meios de comunicação social de obter rapidamente as informações, como também abre certamente novas perspectivas para os pesquisadores, que terão livre acesso a todos estes dados", comentou o vice-chanceler do governo federal e porta-voz, André SimonazziLink externo, durante a apresentação do VoteInfo. "Trata-se de dados oficiais disponíveis em formato aberto, que não só podem ser consultados como também utilizados livremente por todos."

Vote info

vidéo de promo pour l'app vote info

Primeiro grande teste

O primeiro teste com o VoteInfo ocorrerá em 10 de fevereiro. O governo federal se mostra confiante. "Depois de duas rodadas de testes nas duas últimas votações federais, o sistema já está ajustado", disse André Simonazzi.

No entanto, o aplicativo não oferecerá tendências e projeções de resultados, como as produzidas nos domingos de voto através da TV e rádios públicas da Sociedade Suíça de Radiodifusão (SRG, na sigla em alemão) e publicadas nos sites das suas filiais, incluindo o portal swissinfo.ch. As autoridades consideraram a possibilidade de oferecer igualmente este serviço, mas concluíram que não é da competência do governo, afirmou o vice-chanceler.

O aplicativo ainda não calcula os votos em nível municipal. Mas, no futuro, os cantões poderão solicitar esse serviço. Tecnicamente, o aplicativo está capacitado para fazê-lo, declarou André Simonazzi.

Para as eleições federais, previstas para ocorrer em outubro, o aplicativo não fornecera dados, pois o processo é muito diferente e complexo, explicam os responsáveis.


Adaptação: Alexander Thoele

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.