Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

DEMOCRACY LAB Júri de cidadãos proporciona uma recomendação neutra nas votações

Na Suíça, as questões levadas a votação são tipicamente complexas e os interesses de diferentes partes são muitas vezes difíceis de decifrar. Uma solução poderia ser o uso de um júri de cidadãos, através do qual alguns cidadãos são selecionados aleatoriamente para fornecer uma avaliação equilibrada das questões votadas.

Laboratório da democracia

Como tornar a democracia mais democrática? Na nossa série de vídeos, jovens cientistas políticos apresentam análises e soluções. 

A seleção aleatória de cidadãos é fundamental para garantir a independência do júri. Essa é a condição fundamental para que o júri realize sua tarefa: "filtrar" ou classificar informações de campanhas e partidos políticos para fornecer aos cidadãos informações imparciais e corretas.

Em sua essência, o júri dos cidadãos deve ajudar as pessoas a tomar decisões nas urnas que sejam equilibradas e livres de qualquer interesse individual ou partidário. E, o mais importante, isso deve ser fornecido em uma linguagem clara e compreensível.

Um modelo amplamente utilizado nos EUA

Júris de cidadãos, às vezes chamados de painéis ou comitês, não são uma invenção suíça. Eles são amplamente utilizados em muitos estados dos EUA, fornecendo um modelo valioso para apoiar e fortalecer a democracia.

Em 2019, o júri dos cidadãos fará sua estreia na Suíça. O cientista político e pesquisador da democracia Charly Pache, da Universidade de Genebra, está preparando os primeiros testes práticos em alguns municípios do cantão de Genebra.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.