Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Disparidade regional Preços dos aluguéis urbanos sobem apesar do aumento dos imóveis vazios

Os preços dos aluguéis nas cidades suíças se tornaram marcadamente mais caros no ano passado, embora as taxas de imóveis vagos estejam aumentando na Suíça. O último estudo do portal imobiliário Homegate.ch revela a disparidade entre as áreas urbanas e rurais.

Apartments beside a busy street

O preço dos aluguéis de apartamentos continua aumentando nas cidades suíças

(© Keystone / Gaetan Bally)

Zurique viu o maior salto nos preços de aluguel em 2019, subindo 3,3% no ano. Isto se compara a um aumento médio de 0,6% nos preços de aluguel em todo o país. As cidades de Basileia e Berna viram um aumento de 1,8%, enquanto as pessoas que procuravam alojamento em Genebra tiveram de pagar 1,5% a mais.

Isto acontece em um momento em que o banco central suíço mantém taxas de juro muito baixas (-0,75%), uma posição de política monetária que favorece mais os compradores do que as pessoas que alugam um imóvel. A Secretaria de Estado para Assuntos Econômicos (SECO) e uma série de outras previsões preveem uma inflação muito baixa este ano.

Mas, como já foi relatado anteriormente por este portal, a situação varia significativamente entre as cidades e o campo. A última pesquisa HomegateLink externo, divulgada na segunda-feira (27), mostra que a tendência deve ser ainda mais contrastada.

O cantão dos Grisões, no sudeste da Suíça, que é pouco povoado, mas é uma região popular para turistas e pessoas que compram segundas casas, viu os preços dos aluguéis aumentar em 1,2%. O cantão do Ticino, na fronteira com a Itália, testemunhou uma queda de -0,6%.

Os preços dos aluguéis também caíram no noroeste do cantão do Jura e no centro do cantão de Lucerna (ambos -0,3%).

A Homegate prevê que os preços dos aluguéis continuem a aumentar este ano, alimentados pela imigração para os centros urbanos. "A recuperação dos aluguéis urbanos deve continuar a cobrir o problema das vagas nas áreas rurais", afirmou.


swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.