Direto para o contenido
Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Copa 2014


Empresa suíça ajudará tv Fifa a bater recorde de transmissão


Por Maurício Thuswohl, Rio de Janeiro


Televisão suíça SRF também vai divulgar a Copa. (Keystone)

Televisão suíça SRF também vai divulgar a Copa.

(Keystone)

Com imagens geradas pela TV FIFA, cerca de 3,2 bilhões de pessoas em todo o mundo assistiram pela tevê às transmissões dos jogos de futebol da Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul. Para a próxima edição do evento, que começará dentro de dois meses e meio no Brasil, a expectativa da entidade que controla o futebol mundial é que esse recorde de audiência seja quebrado, confirmando novamente a força do esporte mais popular do planeta.

Para atender com qualidade e pontualidade a uma demanda tão grande, a FIFA conta com uma estrutura de transmissão apoiada na expertise de uma empresa suíça, a Host Broadcast Services (HBS), que, atuando como prestadora de serviços desde 1999, é a responsável pela emissão do sinal internacional da TV FIFA para todos os continentes.

De acordo com a direção da HBS, durante a Copa do Mundo no Brasil a FIFA gerará cerca de cinco mil horas de imagens: “Faremos uma cobertura multilateral de todo o evento, com cobertura ao vivo dos jogos, intervalos, entrevistas no final do jogo, reportagens editadas antes do chute inicial e depois do apito final. Em 2014, teremos também as histórias especiais dos campos de treinamento e dos hotéis das seleções que estarão jogando”.

No Brasil, a HBS será também responsável pela construção do International Broadcast Center (IBC), centro nervoso que ligará a FIFA a todo o mundo e que abrigará a maior parte da estrutura da empresa suíça durante a realização do torneio: “Ainda iremos anunciar os detalhes sobre isso, mas esperamos que as estruturas da HBS e do IBC funcionem de maneira semelhante aos torneios anteriores da FIFA, proporcionando uma cobertura de primeira classe da Copa do Mundo FIFA 2014 para as emissoras em todo o mundo. A FIFA TV, a HBS e vários outros provedores de serviços terão suas HQs (sedes) no Riocentro (Centro de Convenções do Rio de Janeiro) durante o evento”, disse a direção da HBS à swissinfo.ch.

O contingente de profissionais e o montante de investimentos financeiros para a montagem da estrutura no Brasil não são revelados, mas a empresa diz que “toda a produção e os custos da HBS são pagos pela FIFA”. Durante a Copa das Confederações, evento-teste realizado no ano passado, a empresa suíça mobilizou cerca de 700 profissionais nas cidades de Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília e Recife.

Segundo a HBS, a FIFA fornecerá o serviço de transmissão de imagens dos jogos da Copa para seus licenciados de direitos de mídia em todo o mundo: “A estimativa é que até mil empresas de mídia de todo o mundo, por meio de contratos, utilizarão as imagens da FIFA. Nós produzimos uma gama de imagens, som e dados para milhares de profissionais de transmissão em 208 territórios em todo o mundo”, diz a empresa. A oferta vai além das imagens da partida de futebol em si: “A transmissão oferece também design de tela, estatísticas, tecnologia da linha do gol, acompanhamento dos jogadores, ferramentas de análise de jogo, etc”.

“Além dos jogos”

Diretor da TV FIFA no Brasil, Sven Schaeffner, diz que a entidade espera uma transmissão histórica este ano: “Iremos fornecer várias imagens e muito conteúdo, além dos jogos. Queremos trazer toda a experiência da Copa do Mundo no Brasil para os fãs de todos os lugares. Por exemplo, a FIFA irá produzir imagens e entrevistas nos campos de treinamento. Para apresentar o país anfitrião ao mundo, vamos também produzir conteúdo, estilo revista, sobre o Brasil e as doze cidades que serão sedes do torneio”, diz.

A utilização de tecnologia de ponta, segundo Schaeffner, também será uma das marcas das transmissões dos jogos da Copa do Mundo pela TV FIFA: “Este evento também será a primeira Copa do Mundo totalmente multimídia, abrangendo toda a tecnologia e as novas possibilidades que estas plataformas como tablets , telefones celulares, laptops e computadores têm a oferecer para os fãs de todos os lugares”, diz o suíço.

Estágios

As operações da Host Broadcast Services (HBS) durante a Copa do Mundo de 2014 representam também uma oportunidade de aquecimento momentâneo do mercado profissional em diversos estados do Brasil.

Desde a Copa das Confederações, realizada no ano passado em seis cidades-sede, a empresa suíça já ofereceu cerca de 400 vagas de estágio para estudantes das universidades públicas brasileiras em áreas como tecnologia da informação, administração, comunicação, turismo e marketing.

A empresa aponta a qualificação da mão-de-obra local como um legado a ser deixado pela Copa: “Na HBS há uma excelente relação de trabalho, que é focada em fornecer a melhor cobertura possível dos torneios internacionais de futebol da FIFA para os fãs de todo o mundo”, diz a direção da HBS.

Parcerias

Algumas outras parcerias firmadas pela TV FIFA durante a Copa do Mundo no Brasil serão importantes para a adoção de tecnologias inovadoras ou para a abrangência da transmissão do evento: “Estamos trabalhando com a Sony para produzir a final da Copa do Mundo da FIFA em tecnologia 4K Ultra HD, bem como os jogos das oitavas e quartas de final”, diz Sven Schaeffner.

Outras parcerias serão fundamentais para o sucesso da transmissão de eventos paralelos de grande importância comercial para a FIFA, como as Fan Fests, momentos nos quais as marcas patrocinadoras da Copa reúnem milhares de torcedores/consumidores em eventos públicos: “A TV Globo vai estar presente nas Fan Fests, e estamos confiantes de que muitas agências de notícias de todo o mundo terão as imagens das celebrações em todo o Brasil nas Fan Fests”, diz Schaeffner.

A parceria com a maior rede de televisão brasileira é estratégica, segundo o diretor da TV FIFA: “Trabalhamos de maneira muito próxima com a Globo, já que ela é uma parceira de transmissão da FIFA no Brasil. A Globo transmitiu o sorteio preliminar e o final para a Copa do Mundo, assim como a Copa das Confederações da FIFA em 2013”.

swissinfo.ch



Links

Direitos Autorais

Todos os direitos reservados. O conteúdo do site da swissinfo.ch é protegido por direitos autorais. Ele é destinado apenas para uso privado. Qualquer outro uso do conteúdo do site além do uso acima estipulado, especialmente no que diz respeito à distribuição, modificação, transmissão, armazenagem e cópia, requer a autorização prévia por escrito da swissinfo.ch. Caso você esteja interessado em algum desses tipos de uso do conteúdo do site, entre em contato conosco através do endereço contact@swissinfo.ch.

No que diz respeito ao uso para fins privados, só é permitido o uso de hyperlink para um conteúdo específico e para colocá-lo no seu próprio site ou em um site de terceiros. O conteúdo do site da swissinfo.ch só poderá ser incorporado em um ambiente livre de publicidade sem quaisquer modificações. Especificamente aplicável a todos os softwares, pastas, dados e seus respectivos conteúdos disponibilizados para download no site da swissinfo.ch, uma licença básica, não exclusiva e não transferível é concedida de forma restrita a um único download e gravação de tais dados em dispositivos privados. Todos os outros direitos permanecem sendo de propriedade da swissinfo.ch. Em especial, proíbe-se qualquer venda ou uso comercial desses dados.

×