Direto para o contenido
Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Criptografia


A solução dos cientistas para proteger seus e-mails




Conheça o homem que descobriu uma maneira infalível de proteger seus e-mails dos olhares curiosos de governos e hackers. (Carlo Pisani, swissinfo.ch)

A hora de Andy Yen chegou em 2013, quando Edward Snowden revelou detalhes de vários programas que constituem o sistema de vigilância mundial da NSA, a agência de segurança nacional americana.

Yen, um físico de partículas do CERN, se reuniu com alguns de seus colegas no centro de pesquisa nuclear de Genebra e começou a procurar formas para tornar a comunicação por e-mail mais segura.

Nos vídeos a seguir, o cientista explica a ideia por trás de seu aplicativo, ProtonMail, hospedado inteiramente na Suíça.

Seus e-mails são seguros?

Incorporar

Andy Yen, diretor geral da ProtonMail, explica a relação entre a segurança dos e-mails e a privacidade das pessoas. (Carlo Pisani, swissinfo.ch)


A solução para proteger a privacidade é usar um sistema de criptografia “end-to-end”.


O que é um sistema “end-to-end”?

Incorporar

Como isso funcional? (Carlo Pisani, swissinfo.ch)

Comparado com o tipo de criptografia mais utilizado, que usa um servidor, a criptografia end-to-end garante que as únicas pessoas a lerem uma mensagem são o emissor e o receptor. Isto é possível porque os dados são criptografados com chaves separadas que não estão armazenadas no servidor, mas no dispositivo do cliente.

O aplicativo ProtonMail simplifica a complexidade de uma tecnologia conhecida como criptografia end-to-end para o usuário final. Alguns acham que isso também faz com que o provedor de e-mail estaja propenso a riscos de segurança. Por exemplo, dando a oportunidade aos usuários de se conectarem em suas contas diretamente de um browser ou de qualquer computador. Isto significa que, potencialmente, os dados do usuário podem ser violados.

Yen conta que ele e seus colegas perceberam, enquanto desenvolviam o projeto, que a Suíça tinha muitas vantagens que eles não haviam pensado no começo: a neutralidade significa que a Suíça pode ser um lugar seguro para hospedar dados de pessoas ao redor do mundo. Segundo ele, as leis de privacidade suíças são bastante severas.

Como ProtonMail, outra empresa também domiciliada no cantão de Genebra está fazendo um trabalho semelhante, é a Silent Circle. Seu programa Blackphone 2 promete criptografar chamadas telefônicas e mensagens.

 

Seus e-mails estão em segurança? Diga-nos o que você pensa nos comentários abaixo.

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.


Adaptação: Fernando Hirschy, swissinfo.ch

Direitos Autorais

Todos os direitos reservados. O conteúdo do site da swissinfo.ch é protegido por direitos autorais. Ele é destinado apenas para uso privado. Qualquer outro uso do conteúdo do site além do uso acima estipulado, especialmente no que diz respeito à distribuição, modificação, transmissão, armazenagem e cópia, requer a autorização prévia por escrito da swissinfo.ch. Caso você esteja interessado em algum desses tipos de uso do conteúdo do site, entre em contato conosco através do endereço contact@swissinfo.ch.

No que diz respeito ao uso para fins privados, só é permitido o uso de hyperlink para um conteúdo específico e para colocá-lo no seu próprio site ou em um site de terceiros. O conteúdo do site da swissinfo.ch só poderá ser incorporado em um ambiente livre de publicidade sem quaisquer modificações. Especificamente aplicável a todos os softwares, pastas, dados e seus respectivos conteúdos disponibilizados para download no site da swissinfo.ch, uma licença básica, não exclusiva e não transferível é concedida de forma restrita a um único download e gravação de tais dados em dispositivos privados. Todos os outros direitos permanecem sendo de propriedade da swissinfo.ch. Em especial, proíbe-se qualquer venda ou uso comercial desses dados.

×