Tecnologia Trens suíços vão circular sem maquinista

Novas tecnologias vão causar grandes mudanças também nos trens suíços. As ferrovias federais anunciaram segunda-feira (13) uma série de mudanças no plano chamado Estratégia 2020. Entre as novidades está o trem sem maquinista, que comecerá inicialmente a ser testado num tronco regional, entre Neuchâtel e La-Chaux-de Fonds, as duas maiores cidades do cantão de Neuchâtel. Outra novidade será o uso de drones para controlar o estado das linhas.  

Novas tecnologias vão causar grandes mudanças também nos trens suíços. As ferrovias federais anunciaram segunda-feira (13) uma série de mudanças no plano chamado Estratégia 2020. Entre as novidades está o trem sem maquinista, que comecerá inicialmente a ser testado num tronco regional, entre Neuchâtel e La-Chaux-de Fonds, as duas maiores cidades do cantão de Neuchâtel. Outra novidade será o uso de drones para controlar o estado das linhas.  

(Keystone)

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Novas tecnologias vão causar grandes mudanças também nos trens suíços. As ferrovias federais anunciaram segunda-feira (13) uma série de mudanças no plano chamado Estratégia 2020. Entre as novidades está o trem sem maquinista, que comecerá inicialmente a ser testado num tronco regional, entre Neuchâtel e La-Chaux-de Fonds, as duas maiores cidades do cantão de Neuchâtel. Outra novidade será o uso de drones para controlar o estado das linhas.  

Novas tecnologias vão causar grandes mudanças também nos trens suíços. As ferrovias federais anunciaram segunda-feira (13) uma série de mudanças no plano chamado Estratégia 2020. Entre as novidades está o trem sem maquinista, que comecerá inicialmente a ser testado num tronco regional, entre Neuchâtel e La-Chaux-de Fonds, as duas maiores cidades do cantão de Neuchâtel. Outra novidade será o uso de drones para controlar o estado das linhas.  

(Keystone)


×