Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Eleição histórica Mulheres no Conselho Federal

O Estado Federal suíço foi governado de 1848 a 1984 exclusivamente por homens. Em 1984, o Parlamento elegeu a primeira mulher para o governo. Em 2018, a Assembleia Federal elegeu Viola Amherd e Karin Keller-Sutter pela oitava e nona vez.

Em 1971, o sufrágio feminino foi introduzido na Suíça e, ainda assim, a população suíça teve que esperar outros 13 anos até que uma mulher fosse representada no governo do país. Com a eleição de Elisabeth Kopp, em 1984, termina a espera por uma mulher no Conselho Federal, o poder executivo suíço. No entanto, a representação feminina continuou progredindo lentamente.

Desde a fundação do Estado Federal em 1848, a Suíça teve, até o momento, apenas nove conselheiras federais, em comparação com 110 conselheiros federais.

Grafik Bundesrätinnen
(swissinfo.ch)


O Conselho Federal é eleito na Suíça pela Assembleia Federal. A eleição ocorre a cada quatro anos em dezembro. Uma nova eleição também pode ser necessária a qualquer momento, se um membro do Conselho Federal renunciar.

Este foi o caso em 2018. Após as demissões da conselheira federal Doris Leuthard (PDC) e do conselheiro federal Johann Schneider-Ammann (PLR), duas vagas no Conselho Federal tiveram que ser preenchidas no final do ano.

Aqui termina o infobox