Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Enquadramento perfeito Filmes, fotografia, arte: Gus Van Sant é muito mais que um diretor de cinema

Famoso por dirigir grandes sucessos de público e crítica, como 'Good Will Hunting' (Gênio Indomável) e 'Milk', Gus Van Sant ganha a primeira retrospectiva de seu trabalho na Suíça. A exposição destaca a versatilidade de seu talento, que se desdobra em diversas mídias.

Nascido em 24 de julho de 1952 no Kentucky, EUA, Van Sant consagrou-se em seus 65 anos como diretor de cinema, pintor, fotógrafo, músico e autor. Seus filmes enfocam principalmente os marginalizados e o "esquisito". Ele tornou-se uma figura de proa do cinema independente com os filmes 'Drugstore Cowboy' e 'My Own Private Idaho' ('Garotos de Programa'), para citar apenas dois dos mais conhecidos. Van Sant também produziu videoclips para alguns dos maiores astros do mundo pop, como David Bowie e Red Hot Chili Peppers, entre outros.

Como fotógrafo, Van Sant utilizou seus filmes como pano de fundo para fazer retratos com uma câmera polaroid de atores e indivíduos anônimos ao longo dos anos 90. Mais tarde, abandonou as fotos instantâneas e se estabeleceu como fotógrafo de moda e música.

O flerte de Van Sant com a pintura foi influenciado pela geração Beat, notadamente o escritor americano William S. Burroughs. Ele entrelaçou seu tempo como diretor de cinema e como artista visual de diferentes maneiras ao longo de sua vida - nos anos 70 eram simples desenhos e pinturas, mais recentemente são aquarelas de grande formato (2011).

Você pode mergulhar no mundo eclético de Gus Van Sant no Musée de l'ElyséeLink externo, em Lausanne, na Suíça.