Eleição direta para o governo suíço?

Em 9 de julho o eleitor suíço foi convocado à participar de dois plebiscitos populares: a revisão da Lei de asilo aprovada pelo Parlamento federal e sobre uma iniciativa que propõe a eleição direta dos membros do Conselho Federal, o corpo de sete ministros que governa o país. O resultado foi a aprovação nas urnas de uma lei de asilo mais restritiva e a continuidade para a eleição indireta dos ministros no governo federal.

Plebiscitos de 9 de julho de 2013
Asilo mais restritivo
Eleição direta