A Suíça firmou acordos com aproximadamente 30 países. Através deles, jovens podem melhorar suas qualificações profissionais e linguísticas no país.

Dos países que fazem parte do acordo, estáo incluídos a Argentina, Austrália, Bulgária Canadá, Rússia ou os Estados Unidos. O Brasil não fez nenhum acordo na área.

Para se qualificar a um estágio, os candidatos devem fazer um teste vocacional de pelo menos dois anos, continuar trabalhando na mesma profissão da formação profissional já iniciada, e ter menos de 35 anos de idade (30 anos em alguns casos). Nenhum trabalho a tempo parcial ou autônomo é permitido.

Estagiários originários dos 15 antigos países da União Européia e a Noruega não necessitam mais de vistos de trabalho para a Suíça, mas estadias de mais de quatro meses exigem um registro formal frente às autoridades competentes.

Os vistos de trabalho são geralmente válidos por 18 meses. O estágiário pode passar por diversos programas com a condição que sua duração não extrapole os prazos permitidos.

A Comissão de Intercâmbio Profissional da Suíça (SKASA) pode ajudar estagiários a encontrar um estágio desejado se eles cumprem as condições requeridas.

Entre em contato com as autoridades suíças no seu país de origem para obter mais informações.

Para mais informações sobre programas de estágios e a lista completa dos países envolvidos, entre no site do Departamento Federal de Migração na seção de estágios profissionais.

swissinfo.ch