Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

"Fête de l’Escalade" Genebra comemora noite da liberdade

Quase 800 figurantes em trajes de época e sessenta cavalos desfilaram nas ruas de Genebra para encerrar os três dias da “Fête de l’Escalade”. O evento comemora a batalha que repeliu o ataque do duque da Savoia contra a cidade protestante quatro séculos atrás.

Na noite de 11 a 12 de dezembro de 1602, os mercenários do duque católico Charles Emmanuel I da Savoia tentam recuperar a fortaleza protestante de Genebra, que havia expulsado seu bispo 70 anos antes. O invasor não contou com a resistência dos moradores da cidade, que não deixam aos atacantes nenhuma ocasião para escalar os muros que protegem a cidade. Entre os atos heroicos da resistência, a história guardou o da mãe Royaume, que entornou seu caldeirão de sopa fervendo na cabeça dos soldados do duque.

É em sua honra que os genebrinos quebram e comem anualmente potes de chocolate exclamando "Que assim pereçam os inimigos da República!". Em 2016, milhares de pessoas enfrentaram mais uma vez o frio para assistir o maior desfile histórico da Europa, segundo os organizadores do evento.

Um convidado de honra deste ano: o Presidente da Suíça, Johann Schneider-Ammann, que como manda a tradição, quebrou uma caldeirinha de chocolate antes de iniciar o desfile.


Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.