Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Filme "Azzuro" premiado em Solothurn

Cena do filme com estréia mundial em agosto no festival de Locarno

(Keystone)

Júri do Festival de Cinema de Solothurn, perto de Berna - que é a vitrina anual da produção cinematográfica suíça - considera « Azzuro » , o melhor filme de ficção do ano 2000. O conhecido ator, Bruno Ganz, foi recompensado pelo seu trabalho em "Pani e Tulipani" de Sílvio Soldini.

O "Prêmio do Cinema Suíço", badalada cerimônia realizada no âmbito das Jornadas Cinematográficas de Soloturno, estimou o filme "Azzuro" , do cineasta suíço Denis Rabaglia, digno de receber o prêmio de melhor filme do ano. A recompensa é de 50 mil francos suíços - cerca de 30 mil dólares.

Azzuro narra movimentado regresso à Suíça de um italiano idoso que havia trabalhado 30 anos em Genebra com o status de trabalhador temporário. Ele volta acompanhado de uma neta atingida pela cegueira e busca dinheiro para financiar de uma operação que pode restituir a visão à menina.

O prêmio de interpretação feminina - Fr. 15'000 - ficou com a atriz Sabine Timoteo pela sua atuação em "Liebe, Geld, Liebe" (amor, dinheiro, amor) do cineasta alemão Philip Gröning.

E o conhecido ator suíço Bruno Ganz foi contemplado com o prêmio de interpretação masculina pelo seu trabalho em "Pani e Tulipani", de Sílvio Soldini, que tem sido bastante apreciado pelo público europeu.

O curta metragem premiado foi "Summertime" de Anna Luif que recebeu cheque de Fr. 20'000. O filme mostra o despertar de uma adolescente ao amor.

swissinfo com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.