Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Laboratório da democracia Temas difíceis nos plebiscitos - como explicá-los?

Elas também fazem parte do cardápio do sistema político suíço de democracia direta: iniciativas (n.r.: projetos de lei levados à plebiscito após o recolhimento do número mínimo de assinaturas) complicadas. Nesse momento, os eleitores recorrem aos especialistas. Porém muitas vezes suas explicações não são compreensivas ou neutras. O doutorando de economia Fabio Canetg encontrou uma forma de resolver o problema.

Novos modelos de cobranças de impostos, equiparação fiscal ou agora, a chamada “Iniciativa da Moeda Plena”: algumas das propostas complicadas levadas à votação nos últimos tempos.

Se os temas são complexos, os eleitores procuram a ajuda dos especialistas. Mas não só eles: os jornalistas também. Porém existe o risco que eles não sejam equilibrados ou até neutros nas suas interpretações.

Fabio Canetg procura um outro caminho. Ele é doutorando da Faculdade de Economia na Universidade de Berna. Seu principal tema de estudo é a política monetária. Por isso decidiu pesquisar a fundo a proposta trazida através da Iniciativa da Moeda Plena, que será levada à votação em 10 de junho de 2018. Seu principal objetivo é explicar de forma neutra a proposta. Por isso ele viaja através da Suíça e explica aos eleitores em 45 todas as implicações desse projeto de lei. Assim os eleitores estarão melhor aparelhados no momento de tomar sua decisão.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.