Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Lei de estrangeiros O pastor incriminado por ajudar um clandestino

Norbert Valley está pronto para ir ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. O pastor da Igreja Evangélica do Arco do Jura foi condenado a pagar 1000 francos de multa no último verão com uma ordem criminal. O tribunal de Neuchâtel acusa-o de violar a Lei dos Estrangeiros, prestando assistência a um solicitante de asilo que teve seu requerimento negado, e que se viu em uma situação extremamente precária.

Norbert Valley apelou contra sua condenação e pretende lutar para que o ato de ajudar o próximo não seja considerado um crime. Ele está sendo apoiado por outras comunidades religiosas e associações, incluindo a Anistia Internacional, que estão pedindo uma adaptação da Lei de Estrangeiros para que uma pessoa que auxilie um estrangeiro em situação irregular não seja punida se seus motivos forem honrados.


Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.