Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Mercado do casamento na China Os "Guan Gun" ou candidatos ao casamento

A República Popular da China é confrontada a um problema demográfico. A política do filho único privilegiou os meninos e criou um desequilíbrio de gêneros. Entre 2015 e 2045, o país terá um excedente anual de um milhão de homens.

Segundo os cálculos oficiais, a faixa etária de 20 a 49 anos, já em 2015, terá um excedente de 20 milhões de homens, o que vai perturbar o mercado chinês do casamento.

O casamento tem tradicionalmente uma grande importância para o status social, mas também econômico. Os homens das camadas socioeconômicas inferiores são particularmente desfavorecidos porque a situação material é decisiva para as mulheres na escolha do parceiro. Além disso, as exigências e expectativas do casamento mudaram muito e surgiu uma grande indústria no modelo ocidental. Assim, muitos casamentos da nova classe média são celebrados em cerimônias ao mesmo tempo tradicionais e ocidentais.

Esse desequilíbrio tem efeitos negativos no plano individual, mas também sobre toda a sociedade. Enquanto a procura de uma esposa torna-se um luta existencial nas cidades, o número de homens forçados ao celibato aumenta sobretudo nas províncias rurais. As mídias já mostraram “vilarejos de solteiros” caracterizados pela recrudescência de doenças venéreas, prostituição e criminalidade. Ao mesmo tempo, o fato da juventude urbana participar de reuniões noturnas de encontro reforça ainda mais o desejo individual de encontra a alma gêmea.

“Guan Gun”, que define os homens solteiros em chinês, significa literalmente “vara nua”.

Fotos e texto: Simon Tanner.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.