Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Morro abaixo Proteção de alta tecnologia contra deslizamentos

Em tempos de mudança climática e derretimento do permafrost, os modernos sistemas de vigilância são uma questão de vida ou morte. Os pesquisadores estão desenvolvendo novos sistemas de alerta para dar aos habitantes da montanha mais tempo para evacuar quando a montanha começa a cair. (SRF/swissinfo.ch)

Em agosto de 2017, oito pessoas desapareceram, enterradas sob 4 milhões de metros cúbicos de detritos. O deslizamento de terra em Bondo, perto da fronteira suíça-italiana, foi um dos maiores da Suíça desde o século passado. Em 16 de setembro, um outro deslizamento de terra ocorreu, embora ninguém tenha se ferido. Funcionários haviam alertado que uma massa rochosa entre 200.000 e 500.000 metros quadrados estava em movimento. Como ninguém estava na zona de perigo, não foi preciso aumentar as medidas de segurança.

Em uma parte diferente do país no início de setembro, a maior parte da língua de gelo da geleira de Trift no cantão de Valais desmoronou. Mais de 200 pessoas foram evacuadas de suas casas em Saas-Grund. Cerca de um terço das massas de gelo instáveis ainda devem cair.

Com o aumento da fusão do permafrost - o gelo que mantém “coladas” as rochas nos Alpes - devido às mudanças climáticas, as regiões montanhosas enfrentam deslizamentos de rochas crescentes. Agora, pesquisadores de Zurique estão desenvolvendo novos sistemas de alerta para dar aos moradores das áreas afetadas o maior tempo possível para evacuar. O canal público suíço SRF visitou a zona de perigo no vale Matter para descobrir o que está sendo feito.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português