Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Mudança de prioridades Coronavírus muda hábitos de consumo na Suíça

O confinamento por causa do coronavírus mudou os hábitos dos consumidores suíços, além de reduzir o uso de dinheiro e saques nos caixas eletrônicos.

Shopping for food

As pessoas têm gasto mais com o básico, como alimentos, menos com roupas e cosméticos. Elas também têm doado mais

(Keystone)

A crise mudou as prioridades das pessoas, segundo o jornal NZZ am Sonntag, cuja fonte é uma pesquisa do banco postal PostFinance. Por exemplo, desde que as medidas de isolamento foram introduzidas em meados de março, as pessoas gastaram 53% menos em higiene e cosméticos do que há um ano. Por que colocar maquiagem se você nunca sai de casa? pergunta o jornal.

Gastos com roupas caiu mais da metade e gastar com sapatos caiu mais de 80%. Os serviços básicos se tornaram mais importantes, com os consumidores suíços gastando significativamente mais (+18,6%) em alimentos.

Consumo Coronavírus

gráfico

Além disso, os alimentos estão sendo entregues com mais frequência. Já que os bares e restaurantes estão fechados, os gastos com a gastronomia caíram. Enquanto os clientes do Postfinance gastaram 67 milhões de francos com restaurantes em 2019, eles gastaram cerca de 13 milhões nesta primavera. Esta quantia pode ser explicada pelas lanchonetes que ainda estão abertas, diz o jornal.

Como quase nenhuma atividade de lazer é permitida, você tem que matar o tempo em casa de uma maneira diferente. Os gastos com comunicação e mídia dispararam. Mas os suíços aparentemente não estão pensando apenas em si mesmos. Eles gastaram cerca de um quinto a mais em doações durante a crise, de acordo com a pesquisa.

O estudo Postfinance foi realizado com os dados bancários online de seus clientes, que foram anonimizados e verificados legalmente, explica o NZZ am Sonntag. Ele cobriu tanto o que foi comprado com o cartão Postfinance nas lojas quanto via internet. O Postfinance tem cerca de 2,7 milhões de clientes, dos quais quase 1,8 milhões utilizam o e-banking.

Muitos de nós vamos voltar aos velhos hábitos de consumo quando as coisas voltarem ao normal, comenta o jornal, mas o coronavírus vai deixar sua marca.



swissinfo.ch/fh

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Conteúdo externo

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

Viver e trabalhar nas montanhas graças à internet

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.