“Ma Vie de Courgette” Os bastidores de um filme indicado ao Oscar

Incorporar

O filme de animação suíço "Ma Vie de Courgette" precisou de vários meses de trabalho e uma atenção minuciosa aos detalhes. Cada segundo do filme indicado ao Oscar foi cuidadosamente criado, e até mesmo os bonecos tiveram sua própria figurinista. (RTS, swissinfo.ch, cp)

O filme de animação do diretor suíço Claude Barras conta a história de um menino de nove anos que é enviado para um orfanato após a morte inesperada de sua mãe. Lá, ele encontra um novo grupo de amigos em quem pode confiar.

O filme usou 54 bonecos e levou dez meses para ser concluído. Ele foi feito usando a animação stop motion, que registra um movimento de cada vez.

Os bonecos usados para "Ma Vie de Courgette" medem cerca de 25 centímetros de altura e foram feitos à mão com diferentes materiais, como espuma de látex, silicone e resina. Os personagens também usaram roupas feitas de tecido - Vanessa Riera era uma das figurinistas.

"Ma Vie de Courgette", em português “Minha Vida de Abobrinha”, já foi homenageado com o European Film Award de Melhor Filme de Animação e também foi o primeiro filme de um diretor suíço a ser indicado para um Globo de Ouro. Agora foi indicado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para o Oscar de Melhor Filme de Animação.

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.