Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Síria


Bashar al-Assad entrevistado pela televisão suíça


 Outras línguas: 4  Línguas: 4
Incorporar

Ao ser entrevistado pelo canal público de televisão SRF, transmitido na quarta-feira, o presidente sírio Bashar al-Assad negou que as forças governamentais tenham bombardeado indiscriminadamente hospitais.

Ele também negou as alegações das Nações Unidas de que o exército sírio tenha utilizado armas químicas contra a população.

Assad afirmou que os papéis no conflito estão claramente divididos: seu governo e as "nações amigas" como Rússia, Irã e China defendem o país "contra os terroristas que invadiram a Síria" como mandatários de outras potências."

Ele declarou ainda acreditar em uma solução diplomática para o conflito, mas considerou impossível negociar com grupos como al-Qaeda, al-Nusra e ISIS.

A entrevista com o presidente sírio foi realizada sob condições pré-determinadas, definidas pelo governo. A conversa foi filmada pelo governo sírio. O ministro das Informações determinou antes a duração da entrevista (20 minutos). Em contrapartida a entrevista tinha de ser transmitida integralmente na Suíça. A SRF foi permitida formular as questões sem submetê-las à aprovação com antecedência.