Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Used tickets from a ticket issuing device

Senhas utilizadas nas agências cantonais de procura de emprego em Genebra. 

(Keystone)

Conteúdo externo

Formatting classes

Quase todos os artigos publicados na swissinfo.ch no ano que está prestes a acabar fizeram referência a porcentagens, anos, quantias de dinheiro ou outros números de interesse. Aqui apresentamos alguns deles.

Nós iremos introduzir em swissinfo.ch a partir de 2018 uma coluna chamada "O número da semana". O objetivo é informar, surpreender e entreter o leitor.

17 de janeiro

5.000

Para garantir a segurança do espaço aéreo e da área onde era organizado o Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) em Davos, no cantão dos Grisões (leste), o ministério suíço da Defesa deslocou cinco mil soldados, o dobro do número de participantes do evento.

27 de janeiro

69

Exército suíço informou que 69 armas militares foram consideradas perdidas em 2016, a maioria furtada ou depositada "erroneamente" em outros locais. De 1969 a 2015 foram 5.155 armas, sendo que 317 chegaram a ser recuperadas posteriormente. A demanda de armas aumentou durante o ano, como mostra esse artigo.

28 de fevereiro

87

O governo admitiu que a estratégia de erradicação do sarampo havia falhado. A taxa de vacinação contra o sarampo na Suíça é de 87%, abaixo dos 95% recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para a erradicação da enfermidade.

7 de março

4.6

A região central da Suíça foi abalada por um terremoto com uma magnitude de 4.6 na escala Richter, um dos maiores tremores já sentido no país nos últimos anos. Cidadãos preocupados chegaram a chamar a polícia, mas ninguém sofreu ferimentos e nenhum dano importante foi relatado. O risco de terremoto existe na Suíça, assim como o de outros desastres naturais

30 de abril

40

O alpinista suíço Ueli Steck, conhecido como a “Máquina Suíça”, morreu quando treinava para percorrer uma nova rota ao cume do Monte Evereste. Tinha apenas 40 anos de idade.

11 de maio

3

É o número de fazendas suíças que fecham todos os dias. Apenas os grandes agricultores tendem a continuar ativos. Enquanto as pequenas propriedades de agricultura convencional abandonam o negócio, a agricultora orgânica vive um verdadeiro "boom" no país.

8 de junho

800 mil

Aproximadamente 800 mil adultos na Suíça - 14% da população ativa - têm problemas de alfabetização.

11 de julho

61

Os preços para consumidor na Suíça são 61% mais elevados do que na União Europeia, especialmente para alimentos, hotéis e roupas. Isso explica porque tantos suíços fazem suas compras nos países vizinhos.

16 de julho

19

O tenista suíço Roger Federer coroou uma extraordinária volta às quadras ao ganhar em Wimbledon seu 19º título do Grand Slam. Mas como o desenrolar de sua carreira é comparado ao de seus rivais atuais?

2 de agosto

9.999

Um curioso - e obviamente extremamente rico - turista chinês pagou 9.999 francos suíços por um copo de uísque Macallan, de 1878, em um hotel na conhecida estação de esqui de St. Moritz. Três meses depois descobriu-se que o uísque era falsificado, datando provavelmente do início dos anos 1970. Ele foi ressarcido.

23 de agosto

4.000.000

Quatro milhões de metros cúbicos de rochas se desprendeu de uma montanha no cantão dos Grisões (leste), enterrando parcialmente a pequena aldeia de Bondo, perto da fronteira italiana. Oito turistas morreram.

5 de setembro

0,0019

A famosa "currywurst", uma salsicha preparada com molho de curry e tradicional refeição para notívagos, entrou na era digital. Uma lanchonete de Berna começou a vendê-la por 0.0019 bitcoins. A Suíça é um mercado importante para a criptomoeda.

31 de outubro

500

Já fazem 500 anos desde que o reformador Martinho Lutero pregou suas 95 teses na porta de uma igreja na cidadezinha de Wittenberg, na Alemanha, dando início à Reforma Protestante. A swissinfo.ch preparou um especial sobre o tema para mostrar como a Suíça foi influenciada por essa grande revolução culturalLink externo.

13 de novembro

6.000

Foi um dos artigos mais lidos da swissinfo.ch. Ganhar um salário de seis mil francos parece ser muita coisa, porém avaliando o custo de vida no país, a situação muda.

30 de novembro

40

É o número de garrafas de vinho que cada suíço bebeu em média em 2016, uma queda em relação aos anos precedentes. O consumo de cerveja caiu também, apesar da popularização das microcervejarias artesanais nos últimos anos. E, por vezes, o clima também influencia a produção de uvas no país.

11 de dezembro

408.000.000.000

Os suíços realizaram 9,2 bilhões de horas de trabalho não remunerado. Se tivessem sido compensados, custaria 408 bilhões de francos. As mulheres assumiram 61,3% desse trabalho não remunerado, que também envolve tarefas domésticas, além de cuidados e voluntariado.


Adaptação: Alexander Thoele, swissinfo.ch

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

×