Direto para o contenido
Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Ex-presidente do Brasil


Rádio suíça entrevista Dilma Rousseff


 Outra língua: 1  Línguas: 1

Em uma entrevista concedida a uma rádio suíça, a ex-presidente Dilma Rousseff chamou o atual governo brasileiro de "ilegítimo" e diz que foi "vítima de um golpe".

Pouco antes de viajar à Porto Alegre para encontrar familiares, Dilma Rousseff encontrou jornalistas, dentre eles uma representante da Rádio Televisão Suíça (RTS). Durante a conversa de quarenta minutos com a correspondente Anne Vigna, e transmitida na quarta-feira (07.09), a ex-presidente brasileira se mostrou combativa, apesar de não esconder o desgaste sofrido nos últimos meses. "Ela falou bastante sobre todos os programas sociais criados por ela durante os anos de poder do Partido dos Trabalhadores e que hoje, ao seu ver, correm o risco de serem paralisados", declarou Vigna.

Questionada sobre as atuais manifestações, a ex-presidente considera que a população brasileira não aceita a mudança de poder. "Eu acho que quando um país se encontra frente a um golpe baseado em uma fraude, como foi essa destituição sem um crime de responsabilidade, com um governo que me substitui, um governo ilegítimo, golpista e usurpador, o que acontece? A revolta das pessoas face a essa ruptura democrática, para uma democracia que nos custou tanto para conquistar. Ela se expressa em manifestações pacíficas", declarou Rousseff.

O que você considera das opiniões expressadas pela ex-presidente Dilma Rousseff? Dê sua opinião...

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.



Links

Direitos Autorais

Todos os direitos reservados. O conteúdo do site da swissinfo.ch é protegido por direitos autorais. Ele é destinado apenas para uso privado. Qualquer outro uso do conteúdo do site além do uso acima estipulado, especialmente no que diz respeito à distribuição, modificação, transmissão, armazenagem e cópia, requer a autorização prévia por escrito da swissinfo.ch. Caso você esteja interessado em algum desses tipos de uso do conteúdo do site, entre em contato conosco através do endereço contact@swissinfo.ch.

No que diz respeito ao uso para fins privados, só é permitido o uso de hyperlink para um conteúdo específico e para colocá-lo no seu próprio site ou em um site de terceiros. O conteúdo do site da swissinfo.ch só poderá ser incorporado em um ambiente livre de publicidade sem quaisquer modificações. Especificamente aplicável a todos os softwares, pastas, dados e seus respectivos conteúdos disponibilizados para download no site da swissinfo.ch, uma licença básica, não exclusiva e não transferível é concedida de forma restrita a um único download e gravação de tais dados em dispositivos privados. Todos os outros direitos permanecem sendo de propriedade da swissinfo.ch. Em especial, proíbe-se qualquer venda ou uso comercial desses dados.

×