A Suíça, como muitos países, exige a prestação de serviço militar para a maioria dos homens. As mulheres suíças podem servir, se assim o desejarem. Os estrangeiros ficam isentos.

Suíços residentes no exterior estão livres de serem recrutados ou de
prestarem serviço militar em tempos de paz e enquanto permanecerem no
exterior. Algumas limitações aplicam-se aos suíços que vivem em
zonas fronteiriças próximas da Suíça.

Sob certas condições e procedimentos, suíços vivendo no estrangeiro podem participar voluntariamente do exército suíço. Se um suíço do estrangeiro retornar à Suíça para viver, estará obrigado a prestar o serviço militar,  dependendo da idade e de suas capacidades físicas.

Ter uma outra nacionalidade, geralmente, não influencia as exigências
militares suíças. Suíços com dupla cidadania e que tenham cumprido as
exigências do serviço militar, do serviço civil ou outras obrigações
relacionadas ao país onde vivem estão dispensados das obrigações militares suíças segundo acordos assinados com tais nações. A Suíça tem acordos com a Alemanha, França e os EUA, entre outros...

Para obter mais informações sobre as obrigações militares  de cidadãos
suíços residentes  no exterior e portadores de  dupla nacionalidade, entrar em contato com os Comandos do Exército, o pessoal da divisão: Führungsstab der Armee, Personelles der Armee (FGG 1), Sektion Wehrpflicht / Mutationen, 3003 Bern.

Visite o site do Exército Suíço para obter mais informações em alemão,
francês ou italiano.

Informações adicionais para cidadãos suíços no exterior. Clique AQUI.

swissinfo.ch