Your browser is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this websites. Learn how to update your browser[Fechar]

Corrida com cadeira de rodas


Primeira medalha suíça nos Jogos Paralímpicos




Demorou, mas chegou: Marcel Hug, 30 anos, conquistou no domingo (11.09) a primeira medalha da Suíça nos Jogos Paraolímpicos 2016. Foi na prova de corrida de 5.000 metros com cadeira de rodas. 

Marcel Hug comemora a sua medalha de prata na corrida de 5.000 metros com cadeira de rodas. (Keystone)

Marcel Hug comemora a sua medalha de prata na corrida de 5.000 metros com cadeira de rodas.

(Keystone)

Até os 200 metros, a estratégia de Marcel Hug, originário da região central do país, funcionou com perfeição. Apesar dos três corredores da Tailândia tentarem controlar e bloquear a corrida para os outros competidores, ele chegou até a abrir uma brecha, mas não foi o suficiente para ganhar o ouro. "Tudo funcionou. Me sentia muito bem. Na última curva, acabei fazendo pouca pressão e não aumentando a minha velocidade. Assim não consegui mais avançar na frente do líder. Ele deu mais força de si nos últimos metros", contou Hug aos jornalistas presentes.

O vencedor da prova, Prawat Wahoram, já tinha ganho nos Jogos Paraolímpicos em Sidney e Pequim na prova de 5.000 metros. Ele e Hug já eram campeões mundiais nessa modalidade. O duelo entre os dois favoritos no Rio de Janeiro já era esperado pela imprensa esportiva. "Momentaneamente eu posso ficar feliz com o segundo lugar", disse o suíço. Hug, que nasceu com espinha bífida, uma deficiência congênita em que a medula espinhal não se desenvolve adequadamente, é conhecido hoje como "bala de prata" e tem duas medalhas de prata e duas de bronze em Jogos Paraolímpicos.

Marcel Hug prepara-se agora para mais provas. "Tenho três corridas pela frente", alegrou-se, ao citar as corridas de 800 metros, 1.500 e a maratona.

Veja aqui o vídeo da prova de Marcel Hug apresentado pelo canal público de TV.

Entrevista de Marcel Hug transmitida pelo portal oficial dos Jogos Paraolímpicos 2016.

swissinfo.ch e agências

×