Navegação

Menu Skip link

Funcionalidade principal

Qualidade, mas sem quantidade Geadas e calor reduzem a colheita de vinho suíço

O tempo extremo na Suíça ao longo de 2017 provocou a menor safra de uvas das últimas quatro décadas, apesar da qualidade considerada superior do vinho produzido.

Worker in a Swiss vineyard picking grapes

Especialistas consideram que a qualidade da safra de 2017 será elevada, mas a produção sofreu uma queda considerável.

(Keystone)

Foram 79 milhões de litros de vinho tinto e branco da safra de 2017, uma queda de 27% em relação a 2016. O fenômeno foi resultado de noites frias em abril passado e de dias quentes e secos em agosto, de acordo com o Departamento Federal de Agricultura.

A região vitícola mais afetada foi a parte francófona do país, notadamente o cantão do Valais (sul).

No entanto, os especialistas dizem que a qualidade da colheita de vinhos de 2017 deverá ser "muito satisfatória", devido à alta concentração de açúcar natural nas uvas.

O órgão salienta que quatro das cinco últimas colheitas anuais foram inferiores ao consumo médio de vinho na Suíça.

Os vinhedos na Suíça cobrem cerca de 14.750 hectares.



Adaptação: Alexander Thoele, swissinfo.ch com agências

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.